Eis um texto que me agrada muito e que chama a atenção para um problema grave do ser humano:

Mateus 20

1 Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, pai de família, que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha.

2 E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha.3 E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça,4 E disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.5 Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo.6 E, saindo perto da hora undécima, encontrou outros que estavam ociosos, e perguntou-lhes: Por que estais ociosos todo o dia?7 Disseram-lhe eles: Porque ninguém nos assalariou. Diz-lhes ele: Ide vós também para a vinha, e recebereis o que for justo.

8 E, aproximando-se a noite, diz o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o jornal, começando pelos derradeiros, até aos primeiros.

9 E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um.

10 Vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um dinheiro cada um.

11 E, recebendo-o, murmuravam contra o pai de família,

12 Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os igualaste conosco, que suportamos a fadiga e a calma do dia.

13 Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro?

14 Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti.

15 Ou não me é lícito fazer o que quiser do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?

16 Assim os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.

Estou na dúvida sobre o que mais me fascina neste texto: será o versículo 1, por nos trazer uma revelação interessante a respeito dos últimos dias; ou será o versículo 15, que expoe a verdadeira natureza humana!

E o curioso, ao menos para mim, é que nós de fato, ainda que sem a intenção e sem nos darmos conta, prestamos mais atenção em quanto o fulano ganha, quanto o beltrano tem na conta, que carro o ciclano dirige, onde o beltrano mora. Deveríamos, ao menos de acordo com o que eu acredito, sondar as nossas vidas e descubrir se há algo que nos impede de ter sucesso em todos os aspectos desejados.

Acho que esta busca por igualdade sempre nos impede de buscar a objetividade em nossas vidas, pois estamos o tempo todo querendo ser iguais a alguém, mas não somos iguais a ninguém na verdade! Ninguém é igual a ninguém! Somos seres únicos, logo, nossas realizações e conquistas são únicas! O que temos ou não é mérito ou demérito nosso e não do nosso amigo, irmão, vizinho, parente, etc.

Na verdade quem abre ou fecha portas diante de nós é Deus, mas não é para isto que chamo a atenção aqui. Meu intuito é chamar a atenção para o fato de que devemos olhar mais para nós e menos para o nosso próximo.

E lembre-se: Deus busca trabalhadores na última hora! Ainda há tempo, acredite! Ele está recrutando hoje mesmo pessoas que queiram adorá-lo em espirito e em verdade. Pessoas que, por sua graça, serão achadas dignas de receber a salvação que Crsito providenciou para nós.

Hoje é o dia em que devemos buscar a Deus, em que devemos nos reconciliar com o Criador dos céus e da terra. Quem de nós pode garantir que estaremos vivos amanhã?! E se amanhã for tarde, o que fizemos das nossas vidas até aqui?!

Jesus preferiu morrer por nós, do que viver sem nós por toda a eternidade! Onde você quer passar a eternidade???

Deus abenço a sua vida e lhe dê Paz!

Erick Brito

 

Achei este texto na internet enquanto estudava e fazia minhas pesquisas… Achei muito interessante! Ilustra bem a batalha espiritual que cada um de nós vive….

 

“Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis”. (Gálatas 5:17)

“Um pescador esquimó vinha cada Sábado à tarde à cidade. Sempre trazia consigo seus dois cachorros, um branco e um preto. Ele os tinha ensinado a lutar quando ele ordenasse. Cada Sábado, na praça da cidade, o povo se ajuntava e o pescador fazia apostas, enquanto os dois cachorros brigavam. Às vezes, ganhava o cachorro branco; às vezes, o preto – mas, o pescador sempre ganhava as apostas! Seus amigos começaram a perguntar-lhe como ele fazia isto. Ele disse: – Eu deixo um passar fome durante a semana, e só dou comida para o que eu quero que ganhe. O cachorro que está bem alimentado ganhará porque está mais forte.”

MORAL DA HISTÓRIA:

Sagaz estratégia! Mas, é justamente isto que ocorre na batalha dentro de nós. Suponhamos que o cão preto seja nossa carne e o branco nosso espírito. Aquele que nós alimentarmos mais, este será o vencedor (e levará a alma como prêmio…). Se for o “seu cão” mais forte for o preto (o pecado, a carne), ele vencerá a batalha e sua alma ficará cativa nas obras do carne. Todavia, se for o “seu cão” mais forte for o branco (o espírito), sua alma frutificará para a glória de Deus.

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne”. (Gálatas 5:16)

 

 

 

 

 

 

 

http://apocalipsetotal.wordpress.com/2011/09/18/a-luta-entre-o-espirito-e-a-carne/

 

 

Espero que você entenda que este é o tempo de nos voltarmos para Deus. Ele é digno de nós!

Será que nós somos dignos dele?!

 

Fiquem com Deus! Que a Paz de Cristo seja com todos nós…

Boa semana!

 

Erick Brito

 

 

Desde o dia em que entendi vivemos para ver o cumprimento das profecias bíblicas a respeito do fim dos tempos me acho uma pessoa privilegiada.

 

E embora isto não tenha mudado, há algo que me traz uma profunda angústia: a raça humana está cada dia pior. Não existe mais educação, respeito, ética, verdade, honestidade, justiça, entre tantos outros valores e princípios…

 

Tenho uma teoria para a solução dos problemas mundiais: vamos crer no que a Bíblia nos diz e obedece-la! Afinal, são apenas dois mandamentos: Amai a Deus apenas, acima de todas as coisas, e ao nosso próximo como a nós mesmos!

 

Se você puder refletir a este respeito, irá perceber que a prática diária destes dois mandamentos nos levaria, como raça humana, a um mundo completamente diferente do atual.

 

Enfim, retomando a questão dos últimos dias difíceis, vamos ao que nos diz a Palavra de Deus:

2 Timóteo 3:1-5:  Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

 

Sabemos, portanto, que nossa missão não é das mais fáceis, pois ainda habitamos este corpo terrestre. Não podemos desfalecer e nem desistir. jamais!

 

Como a Bíblia é um livro completo, Cristo nos oriente sobre qual deve ser nossa postura em relação ao mundo.

Mateus 5:44 diz: Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus.

Mateus 5:20 diz: Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.

 

Sei que não é fácil viver em meio a pessoas e circunstancias cada vez menos escrupulosas, mas precisamos buscar a cada dia refletir no mundo a Luz de Cristo. Sem que comprometer a nossa fé, obviamente.

 

E para que não me entendam mal, pois não posso pregar radicalismos de qualquer parte, digo que há uma mensagem em Eclesiastes 7:16 que diz: Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?. Ao meu ver, este texto reflete bem a idéia da busca do equilíbrio necessário para a vida Cristã.

 

Enquanto isto, vamos esperando que Cristo venha logo nos buscar e nos encontrar, afinal, que há de melhor para nós?

 

Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:39

 

Fiquem com Deus!

Desejo uma semana de Paz!

 

Erick Brito

Queridos,

Se considerarmos que estamos vivendo os últimos dias, uma pergunta pode vir à mente de muita gente: ainda há tempo para mim?

Sabendo que Deus é Grandioso em Amar, encontramos na Palavra Dele resposta para esta pergunta:

2 Crônicas 30:8 diz: Não endureçais agora a vossa cerviz, como vossos pais; dai a mão ao SENHOR, e vinde ao seu santuário que ele santificou para sempre, e servi ao SENHOR vosso Deus, para que o ardor da sua ira se desvie de vós.

Deus está, todo o tempo, nos demonstrando o seu Amor por nós. Não que ele tivesse qualquer obrigação, porque não tem. Ainda assim, ele nos ama e quer que nos voltemos para Ele, de onde jamais deveriamos ter nos afastado!

Está na dúvida sobre a validade deste amor e da espera de Deus por nós? Veja este outro texto:

2 Pedro 3:9 diz: O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

Deus, o Pai, está a todo instante nos convidando para desfrutar do seu Amor, da sua Graça e do seu Perdão!

Hoje é o dia de retomar o rumo de nossas vidas. Hoje é o dia de nos reconciliarmos com o Criador de todas as coisas! =]

Não devemos perder mais tempo! Nenhum dia sequer…

Fiquem com Deus! Que a Paz de Cristo seja com todos!

Erick Brito

Paulo foi um grande perseguidor da Igreja de Cristo, mas onde abundou o pecado, superabundou a graça de Deus. Assim, foi também Paulo um dos principais homens de Deus. Uma figura importante no processo de expansão do evangelho do Reino.

A seguir um trecho de uma das cartas de Paulo.

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. (2 Timóteo 4:7, 8 AA)

A pergunta que faço a todos nós é a seguinte: amamos a vinda do nosso Senhor ou ficamos frustrados por saber que deixaremos para trás projetos e sonhos que tanto estimamos?

Se qualquer um que lê este texto precisa de tempo para elaborar uma resposta, então não é para tal pessoa a Coroa da Justiça.

Pense nisto. Ainda é tempo de se reconciliar com Jesus, o Cristo.

Fiquem com Deus.

Erick Brito